Ensinar a jogar é ensinar a decidir
 
Localização: HOME

Ensinar a jogar é ensinar a decidir

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Avaliação: / 4
FracoBom 

altQuantos exercícios introduzimos nos treinos de minibásquete e até mesmo dos escalões superiores em deixamos os jogadores tomar decisões?

Nas minhas andanças pelo país assisto aqui e ali a alguns treinos de minibásquete e algo que tenho verificado, é que independentemente da qualidade dos treinos, há um traço que é comum, raramente observo nos treinos exercícios em que são os minis que tem de tomar decisões. No entanto, na parte final existe sempre o jogo, em que os jogadores, tem de tomar todas as decisões.
 
Do ponto de vista pedagógico, sobre este tema da liberdade da tomada de decisão, recebi do Miguel Cunha de Coimbra um belo texto que um dia hei-de publicar. A ideia fundamental que desejo transmitir é que se queremos ensinar o jogo, temos de introduzir no treino exercícios que facilitem a tomada da decisão. Hoje vou apresentar um dos exercícios mais ricos para a compreensão do jogo que aprendi num Clinic de Minibásquete organizado pela Associação de Basquetebol da Madeira com o companheiro João Oliveira, o exercício dos “Quatro passos, quatro olhos.”
 
Pode ver o exercício “Quatro passos, quatro olhos”  aqui.

 

Comentários 

 
0 #1 Elizabeth Huntock 04-11-2011 15:40
Fui treinadora de basquet Nível I, mas gostaria poder trabalhar com deficientes motores.
Estou procurando alternativas de formação nessa área, mas neste momento não tenho encontrado qualquer formação. Por agora estou familiarizando me com a selecção de Alcoitão. Se me conseguissem dar mais orientações, agradeço.
Cumprimentos
Citar
 
 


Facebook Fronte Page

Buscas no Planeta Basket

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária