Quem treina os minis?
 
Faixa publicitária
Localização: HOME FUTURO O NONO LUGAR Quem treina os minis?

Quem treina os minis?

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
Avaliação: / 13
FracoBom 

Quem treina os minis?Na construção do futuro do basquetebol não se tem valorizado a importância do treinador na fase inicial de aprendizagem. Será sempre muito difícil atingir na fase adulta o nível de excelência se não formos capazes de ter na formação bons treinadores.

Desejo utópico? Talvez não e, na nossa opinião, há dois caminhos possíveis:

a) Cursos de formação específicos para treinadores de minis como fazem alguns países dos quais damos como exemplo (França, Bélgica, Suiça), cursos estes sob a égide das respetivas federações ou através de fundações para o desporto (Espanha).

b) Através do contributo de tutores, treinadores mais experientes e com perfil adequado, capazes de aconselhar, corrigir e ensinar treinadores mais jovens.

Nestas circunstâncias, mais do que a introdução na formação de treinadores de um grau inferior ao nível 1 defendemos antes a criação de um espaço dedicado exclusivamente ao minibasquete.

Atualmente e, na maioria dos casos, quem treina o minibasquete são treinadores muito jovens sem qualificações ou com o nivel 1 e uma escassa formação prática de 6 horas, irrelevante em matérias tão importantes como psicologia infantil, preparação física básica, metodologia do ensino, técnica individual e princípios de tática individual, planificação de conteúdos, direção e estrutura da sessão de treino, comunicação com os pais e crianças.

Necessariamente que vão cometer muitos erros, alguns vezes pecando por defeito, outras vezes por excesso, situação que nos leva a considerar o contributo responsável de um tutor, particularmente na fase de estágio, extremamente benéfico.

O minibasquete é uma fase muito importante na formação dos futuros jogadores de basquetebol e, por isso não se compreende que em duas das mais importantes fases de desenvolvimento de jogador a longo prazo (FUNdamental-6 a 8-9 anos e Aprender a treinar-8 a 11-12) não se assegurem condições para construir jogadores de excelência.

Para treinar bem um jogador de minibasquete é necessário desenvolver conteúdos de treinos adequados e progressivos.

Quando se queimam etapas as consequências são irreversíveis; a qualidade do treinador de formação é determinante para que o atleta possa atingir o alto rendimento.

 

Comentários 

 
+3 #1 Humberto Gomes 26-12-2020 08:02
Mais uma..., meu querido companheiro e amigo Mário Barros. E mais uma..., no sentido de tocares numa "ferida" que continua, de há muito, em aberto e que, em nossa opinião, concordando em absoluto com o conteúdo deste texto, só poderá sarar se, de facto, como dizes, verdadeira e objetivamente fôr criado um "espaço dedicado exclusivamente ao minibasquete". Sem um planeamento rigoroso, mas simples de levar à prática, dificilmente o futuro dos nossos jovens, em termos de uma prática em que não se podem "queimar etapas" poderá ser diferente do que vamos observando...é que não planear ou não planear assertivamentem corresponderá a planear...o fracasso ! Aquele abraço.
Citar
 
 


Facebook Fronte Page

Buscas no Planeta Basket

  • Treinadores

  • Lendas

  • Resultados

Sample image Canto do Treinador Exercicios, comentários, artigos, etc...ver artigos...

Sample image Lendas de Basquetebol Quem foram as personagens marcantes da modalidade. ver artigos...

Sample image Resultadoos e Classificações Todos os resultados na hora... Ler mais...

Facebook Side Panel

 
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária
Faixa publicitária